Inflação pressionada não permite Banco Central cortar juros, sinaliza Ata do Copom

O Banco Central reiterou que ainda não há espaço para iniciar um ciclo de flexibilização dos juros por conta da pressão de alta nos preços. Esse é o principal recado dado pela autoridade monetária na ata da última reunião do Copom, divulgada nesta quinta-feira. Mais uma vez, o Copom culpou a indefinição fiscal pela desancoragem da inflação e reafirmou que esse é o maior risco para o controle de preços. Na semana passada, os diretores do Banco Central fizeram o que previa o mercado financeiro: mantiveram a Selic em 14,25% ao ano.

O documento veio sem novidades e com praticamente nenhuma alteração relevante comparativamente à ata anterior. Não se observa qualquer mudança na sinalização prospectiva, apenas maior ênfase à importância do reequilíbrio das contas públicas. O Banco Central destaca também a evolução das projeções oficiais de inflação, que passaram a incorporar a nova meta de déficit primário para 2016, de 2,8%, aprovada recentemente no Congresso. De acordo com a ata, a incorporação de um resultado fiscal pior, bem como “choques temporários de oferta no segmento de alimentação”, são fatores que contribuíram para uma piora nas projeções oficiais de inflação para 2016. Na contramão, contudo, a ata do Copom sinaliza redução na inflação projetada pelo Banco Central em 2017.

Assim, a REAG mantém sua posição por uma flexibilização da política monetária a partir da segunda metade deste ano , ou melhor, a partir de setembro. A velocidade da flexibilização monetária dependerá, em grande parte, do horizonte no qual a nova diretoria do Banco Central buscará a convergência da inflação para o centro da meta.

ata copom - 16 de junho 2016

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s