Ata do Copom: BC se diz de mãos atadas para combater a recessão e a inflação, jogando a responsabilidade no colo do Tesouro

Espremido entre recessão econômica e a inflação sob pressão, o Banco Central mostra-se de mãos atadas na condução da política monetária, se restringindo a aguardar que resultados positivos nas contas do Tesouro ajudem a economia a sair do buraco. Em outras palavras, o BC reitera a necessidade de o governo ser persistente no ajuste fiscal, conforme leitura da REAG da ata do Copom, divulgada hoje. No documento, o BC justifica o que levou o Copom a decidir pela manutenção da Selic em 14,25% ao ano e quais são suas intenções daqui para a frente.

“Ressalte-se a importância de se perseverar na promoção de reformas estruturais de forma a assegurar a consolidação fiscal em prazos mais longos. ” Ou seja, dado o fato de a política monetária estar paralisada entre a inflação e a recessão, o BC não tem muito mais espaço de manobra para agir e assim, somente pode aguardar de braços cruzados as reformas que prometem diminuir o enorme rombo entre gastos e despesas das contas públicas.

O documento deixa claro que o Copom está ciente de que o governo não cumprirá a meta de inflação neste ano e muito provavelmente também não cumprirá a meta em 2017. Além disso, no documento o BC assume que a recessão econômica que assola o país veio mais forte do que o governo esperava. “Até o início de janeiro, o BC indicava uma alta de juros para evitar que a inflação ultrapasse neste ano o teto de 6,5%. Subitamente, mudou de ideia, suscitando a interpretação de que havia sucumbido a pressões políticas”.

A REAG investimentos não se responsabiliza por quaisquer ações ou decisões baseadas nas informações contidas em suas publicações. Os dados e análises das suas publicações não devem ser tomados exclusivamente como regra para outras publicações, tomadas de decisão, avaliações e/ou julgamentos. Todas as consequências e responsabilidades pelo uso dos dados ou análises desta publicação são assumidas exclusivamente pelo usuário, eximindo a REAG de todas as ações decorrentes do uso deste material. O acesso a estas informações implica total aceitação deste temo de responsabilidade e uso. A reprodução total ou parcial desta publicação é expressamente proibida, exceto com autorização da REAG ou citação da fonte.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s